Receba as atualizações do blog em seu Email

sábado, 7 de março de 2015

Entrevista com a banda Tellus Terror

Depois de muito tempo voltamos com a seção de entrevistas do nosso blog e batemos um papo com o pessoal da banda carioca Tellus Terror....

Criada em 2012 e com um estilo diferenciado a banda vem se destacando na cena underground nacional e ganhando mais fãs a cada dia que passa...

Conheça um pouco mais sobre a banda Tellus Terror:



BR: Como surgiu a Tellus Terror?

Felipe Borges: A Tellus Terror começou quando o primeiro baterista e o primeiro guitarrista que a banda teve, foram na minha casa perguntar se eu queria formar uma banda com eles. Aceitei a ideia e logo comecei a pensar no nome da banda, eu queria um nome que tivesse algo em comum com todas as pessoas do nosso planeta e com todos os horrores que nele vivemos e que nenhuma banda já tivesse usado o nome. Por isso, que decidi que Tellus Terror era o nome ideal para a minha ideia (Tellus significa planeta Terra em latim). Logo em seguida escolhemos o baixista
(Arthur Chebec) e dai começamos a nossa história.

BR: O estilo M.M.S. (Mixed Metal Styles) foi uma criação da banda, conte um pouco sobre isso.

Felipe Borges: Outra ideia que tive para o Tellus Terror, foi de fazer um som voltado para todas as vertentes do Metal com algumas pitadas até mesmo de Rock N`Roll. Como não existia um estilo para o que fazemos com a nossa música, eu tive a ideia de criar o M.M.S.(Mixed Metal Styles), para fazer com que o público e a mídia identifiquem o nosso som.


BR: Quais as principais influências da banda?

Felipe Borges: Morbid Angel, Opeth, Marduk, Depeche Mode, New Order, Aghatocles, The Exploited, Mayhem, Deicide, Fleshgod Apocalipse, The Cult, Twisted Syster, Dio, Jeff Beck, Whitesnake,Napalm Death, Stratovarios, Benediction, Europe, Rammstein, Plebe Rude, Camisa de Venus, Nenhum De Nós, Ratos de Por‹o, Sepultura, Rolling Stones, Dimmu Borgir, Cradle Of Filth, In Flames, Paradise Lost, Amorphis, Skid Row, Disgorge,etc...



BR: Como foi o processo de criação do álbum EZ Life DV8?

Felipe Borges: O processo de criação das músicas, foi baseado em todo o conceito do disco em sí. A banda inteira se reunia para compor as músicas e após as mesmas estarem prontas eu encaixava as letras e as vozes.


BR: Como tem sido a aceitação do álbum?

Felipe Borges: A aceitação por parte da mídia tem sido excelente, nos rendendo excelentes reviews, dentro e fora do Brasil, inclusive várias nomeações por parte da mídia especializada, como sendo um dos melhores álbuns de Metal de 2014. O CD está saindo muito bem e aqui no Brasil já está indo para a terceira prensagem. Pela Europa, pela Ásia, pelos Estados Unidos e Canadá, o disco está saindo muito bem também.


BR: Por falar no EZ Life DV8, quem assina a arte de capa?
Eu achei ela muito foda.

Felipe Borges: Quem trabalhou conosco para a criação desta capa, de todo o encarte do CD e do nosso logo e brasão foi o artista grego Seth Siro Anton (baixo e voz do Septic Flesh - que também faz capas para outras bandas como Belphegor, Paradise Lost, Nille, Moonspell, etcÉ)


BR: O EZ Life DV8 é distribuído em outros países?

Felipe Borges: Sim. Estamos trabalhando atualmente também com a gigante Plastic Head Distribution. A mesma está fazendo uma nova prensagem do nosso disco em versão digipack na Republica Tcheca para vender por toda a Europa, por toda a Asia, Estados Unidos e Canadá.


BR: Como a galera pode fazer para comprar o álbum?

Felipe Borges: Aqui no Brasil, estamos trabalhando com as gravadoras Shinigami Records, HMR Heavy Metal Rock e a Thrash S/A, onde as mesmas, além de vender o álbum diretamente, também distribuem para várias grandes lojas especializadas e outras gravadoras, tais como: Die Hard, Mutilation Records, Livrarias Curitiba, Livraria Cultura, Lojas Americanas, Mercado Livre, etc.. As pessoas também podem adquirir de forma digital através do CD Baby, Itunes, Xbox Music, Samsung, Spotify, etc...



BR: No final de 2014 vocês abriram os shows do Behemoth e do Belphegor, como surgiu esse convite e como foi essa experiência?

Felipe Borges: Os shows com o Behemoth foram os primeiros da carreira da banda e ter tocado em São Paulo no primeiro show da banda foi excelente!! Que público fantástico!!! Hail São Paulo!! O convite veio nós agarramos a oportunidade. Quanto ao show do Belphegor também foi uma grande experiência, os caras do Belphegor são bem bacanas. Nesse caso eu fui um dos produtores do show, pois pretendo começar a produzir alguns shows, para poder tocar, e também botar outras bandas nacionais para tocar com bandas renomadas, pois isso reforça nosso cenário underground!!


BR: O que podemos esperar pra 2015?

Felipe Borges: Nós estamos fechando alguns shows, mas o principal é que a máquina não pode parar, e já estamos trabalhando duro, para compor o novo disco, que gravaremos e faremos tudo 100% fora do Brasil, em um estúdio muito renomado, onde bandas como Cradle Of Filth gravam. Tudo para buscarmos novas experiências, e trazermos o melhor possível para o nosso som.

BR: Deixe um recado para a galera que acompanha o blog.

Felipe Borges: A todos os leitores, aquele muito obrigado, muito obrigado também a vocês por cederem este espaço maravilhoso, e espero ver vocês por ai em algum show!! Grande Abraço!!



Site oficial -->> http://www.tellusterror.com.br/
Facebook -->> https://www.facebook.com/tellusterror
YouTube -->> https://www.youtube.com/user/TellusTerrorOficial
Soundcloud -->> https://soundcloud.com/tellusterror
Reverbnation -->> http://www.reverbnation.com/tellusterrorofficial

0 comentários:

Postar um comentário