Receba as atualizações do blog em seu Email

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Lacerated And Carbonized: “quase fui preso por causa de uma Maracugina e Trident”

Banda teve que cancelar shows na Ucrânia por causa do conflito com a Rússia

Antes de se apresentar como atração principal do festival brasiliense “Blood Fire Death”, a banda Lacerated And Carbonized aproveitou o tempo livre para conceder interessante entrevista ao canal Ruído Urbano.

Jonathan Cruz (vocal), Caio Mendonça (guitarra), Paulo Doc (baixo) e Victor Mendonça (bateria) falaram sobre suas influências, inicio de carreira, identidade sonora e indicaram os novos trabalhos do Ratos de Porão, Confronto e Unearthly. Além disso, contaram várias histórias curiosas dos músicos durante turnês internacionais regadas a bebedeiras, problemas políticos entre Rússia e Ucrânia, acidentes na estrada, entre outros.

"Ao chegar em Dubai, durante a última turnê, a Policia Federal dos Emirados Árabes me parou. Eu sempre levo uns remédios para dor de cabeça, aspirina, e neste dia, eu acabei levando uma Maracugina e os caras encrencaram pensando que era marijuana (maconha). Depois pensaram que Tidrent era droga. Me levaram para uma sala, fiquei duas horas preso, sendo revistado e só fui liberado porque os policiais pesquisaram na internet a substancia de cada um”, contou Caio Mendonça.

Confira a entrevista na íntegra em https://www.youtube.com/watch?v=perGfZY0JBs.

Neste momento, o grupo está promovendo “The Core of Disruption”. Este trabalho foi mixado e masterizado pelo renomado Andy Classen (Destruction, Krisiun, Tankard, Holy Moses, Belphegor), no Stage One Studios, na Alemanha.

Confira o videoclipe da música “Third World Slavery” em http://www.youtube.com/watch?v=LDDWEfznxxI.

Links relacionados:
https://www.facebook.com/pages/Lacerated-And-Carbonized/169403519762376
http://www.laceratedandcarbonized.com
https://www.facebook.com/UltimateMusicPR

0 comentários:

Postar um comentário