Receba as atualizações do blog em seu Email

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Domingo Metal Brasil #2 (na quarta-feira)

Fala galerë esse fim de semana eu tive alguns problemas e não pude postar nada, mas hoje eu venho trazer para vocês mais um post da seção Domingo Metal Brasil na quarta-feira.
Nesse post eu procuro apresentar bandas nacionais desconhecidas do grande público e hoje irei falar de mais 4 bandas que eu tenho curtido muito ultimamente, espero que gostem das bandas e que procurem conhecer mais sobre elas.

Fermo

Vou começar falando da banda Fermo que mistura Rock com música eletrônica e fazem um som único muito bom de se ouvir.
Fermo é uma banda gaúcha que foi formada em 2009 e conta com Alex (vocal), Magrão (vocalista/baterista), Julio (guitarrista), Davi (Guitarrista), Marcello (Baixista) e Felipe (DJ).
Em 2012 a banda lançou o EP intitulado "A vingança" que pode ser baixado de graça aqui ou aqui, ainda em 2012 foi lançado o CD "Epifania" contendo 10 músicas inéditas.


Página da banda -->> https://www.facebook.com/Banda.Fermo 

Innocence Lost

Innocence Lost é uma banda de Prog/Heavy Metal formada no Rio de Janeiro em 2007 contando com Mari Torres (vocal), Aloysio Ventura (teclado), Juan Carlos (guitarra), Heron Matias (bateria) e Rodrigo Tardin (baixo).
Com influências de bandas como Symphony X, Nightwish, Pantera, o Innocence Lost faz um som próprio e tem tido uma boa aceitação do público.
Em 2012 lançou o primeiro trabalho em estúdio o EP "Human Reason"  com 5 músicas, eu particularmente gosto muito da música "Falling Down", a banda tem planos de gravar um CD agora em 2013.


Página da banda -->> https://www.facebook.com/InnocenceLostBr


Maieuttica

Idealizada na Ilha do Governador em 2005 e passando por diversas formações, a banda esteve num grande hiato por alguns anos. Em 2011, com influências de diversas bandas como Sepultura, Lamb Of God, Pantera, entre outras, abordando com letras em português, temas existenciais e que despertam a natureza indagadora do ser humano, e com a entrada de não apenas um, mas dois vocalistas que tinham acabado de sair de suas respectivas bandas, entram diretamente em estúdio para gravar seu primeiro material.

"Nosce te Ipsum" foi o primeiro fruto, lançado como web single em dezembro de 2011, alcançou ótima repercussão no meio underground carioca, o que renderam alguns shows e fãs, desde então. Em janeiro de 2012, sem perder tempo lançam seu segundo trabalho inédito, lançado também na forma de web single, intitulado: "A Grande Caverna".

Com apenas duas web singles, estão pelo site Reverbnation, entre as 10 mais acessadas bandas de Metal do Rio de Janeiro. Foram convocados para um dos maiores festivais da música independente da América Latina, o Grito Rock, na edição de Cabo Frio. Atualmente estão em tour divulgando o Ep, intitulado: “Conheça a Ti Mesmo”, lançado em Maio de 2012, o que rendeu shows em São Paulo e em Curitiba. Em paralelo, estão gravando o segundo Ep, previsto para o início de 2013. Em outubro de 2012, foi lançado o clipe de "A Grande Caverna" e será lançada uma nova single em fevereiro de 2013.

Página da banda -->> https://www.facebook.com/Maieuttica

Olho Seco - Banda indica por José Prado

A banda foi formada em 1980 quando Fábio no vocal, Val no baixo, Redson na guitarra e Sartana na bateria se juntam para tocar.
Em 1983 lançam o 7" EP Botas, Fuzis, Capacetes, que foi muito bem recebido e rendeu à banda o convite para participar de diversas coletâneas internacionais como Welcome to 1984, promovida pelo fanzine punk Maximum Rock´n´Roll.
Em 1985, seu 7" EP de estréia é reeditado em LP como um split com a banda Brigada do Ódio. Em 1987, lançam o álbum Os Primeiros Dias.., somente com gravações originais de demo-tapes de 1981 e 1982. Mais tarde esse álbum é reeditado em CD, incluindo faixas de demo-tapes gravadas em 1982 e 1983.
Em 1988, lançam o 7" EP Fome Nuclear com o estilo musical mais voltado para o thrashcore extremamente veloz, que se vai ao extremo no seu primeiro álbum Olho por Olho, pela Cogumelo Discos, em 1989. Algum tempo depois a banda se desfaz.
Em 1992 o primeiro 7" EP é novamente relançado como um split-LP, dessa vez com a banda Fogo Cruzado. Em 1995, a banda Ratos de Porão grava uma versão da música "Olho de Gato" no álbum Feijoada Acidente?.
Em 1996, Fábio se junta a Mingau, Marcos e Arnaldo e lançam o CD "Haverá Futuro?", com algumas músicas inéditas. Após a gravação do CD, a banda para novamente.
No início de 1998 o Olho Seco volta à tocar, somente com Fábio da formação antiga, além de Jeferson no baixo, Marcos na guitarra e André na bateria (membros da banda Agrotóxico), se apresentando por diversas cidades no brasileiras. Em 1999, fizeram pela primeira vez uma turnê européia, com 25 shows em 9 países, num total de 37 dias. O Olho Seco iniciou sua turnê em Amsterdam na Holanda, seguindo para Alemanha, Suécia, Dinamarca, Áustria, Eslovênia, Itália e Espanha, finalizando em Portugal.
Após seu retorno ao Brasil, o Olho Seco fez uma participação especial no show de lançamento do álbum-tributo a eles, intitulado Tributo ao Olho Seco, onde as mais expressivas bandas hardcore punk brasileiras, além de Força Macabra da Finlândia e Cripple Bastards da Itália fizeram versões de suas músicas. Nesse álbum, há uma música gravada pela formação original da banda, composta especialmente para esse lançamento, chamada "Crise da Fome".
Em 2000, o Olho Seco volta ao estúdio (pela primeira vez, ainda com a formação original) para gravar uma participação no álbum-tributo à banda finlandesa Rattus, editado pelo selo finlandês Fight Records.
Em 2011, o Olho Seco voltou aos palcos e participou do Festival Punk na Páscoa, no Hangar100 em São Paulo.

Espero não ter imprevistos essa semana e eu possa postar no domingo mesmo.....
Gostou das bandas??
Curta as páginas no Facebook e conheça mais sobre o trabalho de cada banda..


0 comentários:

Postar um comentário